---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Caps de Quilombo lembra o Dia Nacional da Luta Antimanicomial

Publicado em 22/05/2020 às 15:03 - Atualizado em 22/05/2020 às 16:00


Créditos: Imagem ilustrativa Baixar Imagem

Celebrado no dia 18 de maio, o Dia Nacional da Luta Antimanicomial tem como objetivo lembrar a busca dos direitos das pessoas com sofrimento mental. “Esta data é considerada um marco na história da saúde mental no Brasil”, ressalta a psicóloga do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), Ana Augusta Gandini.

 

A data se refere a 1ª Conferência de Saúde Mental, em 1987, mas até a chegada da portaria nº 336 de 2002 que consolida os Caps, atual referência em saúde mental, houve diversos movimentos pela reforma sanitária.

 

Ana conta que a psiquiatria brasileira viveu muitos anos em um modelo de assistência hospitalar, com ambiente, “profundamente”, desumanizado.

 

“Os hospitais de referência se transformavam em um depósito de pessoas, um amontoado de gente com transtornos mentais, sem uma proposta terapêutica adequada, e com internações por tempo indeterminado. Muita gente ia para aqueles hospitais e a família nunca mais os via, pois, acabavam contraindo outras doenças e morriam, sem que as famílias tivessem notícias”, frisa.

 

Em Quilombo, a unidade do Caps conta com uma equipe capacitada que atende casos moderados a graves da saúde mental da população de Quilombo e de cinco municípios da região.